Pages - Menu

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Nossos gatinhos FIV e FeLV positivos

Muitos donos de gatos já ouviram falar em FIV (vírus da imunodeficiência felina) e FeLV (vírus da leucemia felina), e sabem que gatinhos que são portadores desses vírus precisam um pouquinho mais de atenção do que os outros. E a gente veio contar pra vocês como são cuidados os gatinhos FIV e FeLV positivos na casa do Viva Gato.

Antes de mais nada, a gente queria explicar que o fato do gatinho ser portador do vírus não indica que ele está doente, significa que ele tem o vírus no organismo. Sim, ele pode ser mais suceptível à doenças oportunistas, mas com os cuidados necessários e alimentação adequada, o gatinho pode viver uma vida saudável e feliz, como qualquer outro.

Cerveja FIV+ (acima a esquerda), Esmeraldo e Berillo FeLV+ (acima a direita), Brownie FIV+ (abaixo a esquerda) e Pérola FeLV+ (abaixo a direita) esperam ansiosamente por uma família sem preconceitos e com muito amor

Todos os gatinhos que entram na casa do Viva Gato são testados para ver se têm ou não o vírus antes de terem contato com os outros. Até um tempo atrás, os gatinhos positivos ficavam em um lar temporário ou na baia da clínica veterinária, mas há alguns meses, nós conseguimos construir três gatis para poder dar o mínimo de conforto pra eles.

Por que construímos os gatis? Porque o número de gatos infectados vem aumentando bastante. Isso acontece porque o número de gatinhos nas ruas também aumentou, e com isso o vírus se espalha mais rapidamente. Dado que o número de casos aumentou, também resgatamos mais gatos com os vírus. 

Nossos gatinhos especiais ficam separados dos outros, temos um gatil para os gatinhos FeLV+ e um para os FIV+. No momento estamos com nove gatos FeLV+ e quatro FIV+. Eles recebem toda a atenção que podemos dar: comida de qualidade, vitaminas e observação constante. A maioria deles é muito dócil e carente, e tem tudo que precisa para conseguir um lar.
Gatis dos nossos meninos especiais

Gatinhos FeLV+ devem ser adotados por quem tem outros gatinhos FeLV+, que não tenha nenhum outro gato em casa, ou que tenha gatos FeLV- vacinados anualmente com a quíntupla, já que a FeLV é bastante contagiosa e pode ser disseminada pela saliva, mordidas, fezes, urina e secreções. Já gatos positivos para FIV podem ser filhos únicos, ter irmãos FIV+ e até mesmo FIV-, desde que sejam todos muito dóceis e castrados, pois a FIV é transmitida principalmente por mordidas profundas e contato sexual (Litster, 2014). Nenhuma delas é transmitida para humanos ou cães.

E não se iluda! Gatinhos que possuem casa mas são acostumados a dar voltinhas, também podem estar contaminados, e transmitir a doença para outros gatinhos que também dão suas voltinhas. Por isso insistimos sempre: não deixe seu gatinho dar voltinhas na rua, mantenha ele em casa, em segurança... E faça o teste! É rápido e vai te ajudar a cuidar melhor do seu bichano.

É importante destacar que gatinhos FIV+ e FeLV+ são perfeitamente adotáveis. Eles só precisam de uma chance.