Pages - Menu

domingo, 12 de maio de 2013

Palavras de mãe para mãe


Mãe ama sem limites, mãe cuida, mãe protege, mãe se preocupa, mãe não dorme quando seu amorzinho está doente, mãe faz planos e em tudo isso a sua maior alegria é estar perto do seu bebe, pois eles sempre serão isso para nós, nossos eternos e preciosos bebes!
Eu não falo de bebes humanos, eu falo dos bebes que eu conheci até agora, os meus gatos.


Stella Dalcin, uma das fundadoras do Viva gato.
Fotografa: Ana Isabel
Crio gatos desde os meus 5 anos de idade e aprendi muito com eles e continuo aprendendo todos os dias. Aprendi a me deixar de lado tantas vezes para dar o melhor para os meus filhos felinos, aprendi que a melhor recompensa depois de um dia cansativo é chegar em casa e ser recebida com todo carinho por cada um deles, aprendi que devemos tratar todos igualmente, que cada bicho ou pessoa sente da mesma forma e precisam do mesmo carinho e amor para serem felizes. Aprendi com eles a ver o mundo com mais compaixão e querer o bem de todos e aprendi também a virar uma leoa se for preciso para proteger os meus amores.
Agora me digam, este amor que eu sinto por cada um deles é tão diferente do que vocês sentem pelos seus filhos humanos?

Eu acredito que não. E estou feliz em poder estar grávida e ter passado a minha gestação inteira convivendo e aprendendo mais sobre amor com meus meninos. Eu vou ter muita coisa para ensinar e um mundo muito mais bonito para mostrar para meu filho humano. Sinto-me muito bem instruída pelos meus mestres felinos e estou ansiosa para ver todos os meus filhos convivendo juntos e crescendo com o privilégio da companhia um do outro.

Foram 7 meses de gestação dentro do abrigo do Viva Gato, morando la dentro, convivendo e cuidando de perto de cada um deles. Agora como a família vai aumentar nos mudamos para um local separado, eu, o bebezinho na minha barriga e meus 7 filhos-gatos.

Sinto muito por todas as mães mal informadas por médicos ou que ficaram com preguiça de buscar informação e perderam este contato com o seus gatos durante a gestação. Vocês privaram o seu filho de ter contato com o amor mais verdadeiro.

Eu não contraí toxoplasmose durante a gravidez, muito menos antes de ficar grávida, também não tenho anticorpos para a doença. E isso não me afastou deles, isso me uniu mais a eles.  Se informar faz parte do que eu disse, de virar uma leoa para defender meus filhos.

Até meu pequeno nascer meus gatos serão minha prioridade máxima e depois do bebe ter nascido ele vai ser mais uma prioridade e nunca a minha única.

Você pode gostar mais de verde, preferir o azul, mas amar, amor é coisa séria e coisa boa que a gente sente e muda pra melhor por ele. Não se transfere o amor, pois ele tem a incrível capacidade de se multiplicar. Se a pessoa abandona o que diz amar por outra coisa, não era amor, era conveniência.

O amor que você dedica aos outros, seja animal ou humano, é parte de você, você não abandonaria partes suas na primeira dificuldade. Você não mudaria de ideia sobre a sua própria importância.
A lição de vida mais preciosa que aprendi com meus gatos é a que o amor nos transforma e nos faz querer sempre o bem para todos em nossa volta. O cuidado, o carinho, a dedicação são as coisas mais naturais de quem é mãe, tendo um filho seu ou não. Por isso que mãe é tão preciosa, ela sabe agir com o coração sempre pensando no bem do outro.

Se você se identifica com isso, parabéns, você também é mãe e é alguém muito importante e querida para quem você ama. A gente se torna mãe quando aprende a amar e não só a falar “Eu te amo!”.
Posso dizer que ser mãe é estar no seu auge, não por dar a luz a um filho, mas pela oportunidade de transferir tudo que você aprendeu de melhor nesta vida para quem você mais ama e principalmente, querer ser cada dia melhor por ele.

Desejo um feliz dia das mães para toda mãe de gato, de humanos, de cachorros, de árvores, de uma ideia, de um sonho. Nunca deixe de ser mãe e ajude a florescer tudo que tem de bom em você através de quem você ama!



Um abraço de uma sempre mãe,

Stella Dalcin

---

Leia também em outros blogs: Toxoplasmose, a culpa não é do gato
http://www.pea.org.br/cuidados/toxoplasmose.htm
http://marymiranda-fatosdefato.blogspot.com.br/2011/09/toxoplasmose-culpa-nao-e-do-gato.html

Fotos de gestantes com seus gatos:
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.545949702093267.1073741825.164745153547059&type=3